Dentre suas atribuições destacam-se a realização, monitoramento e avaliação dos estudos de consolidação do Zoneamento Ecológico-Econômico (ZEE), de forma a subsidiar e orientar o planejamento de ações voltadas para o uso adequado dos recursos naturais no processo de desenvolvimento sustentável do Acre; o planejamento e reorientação de políticas públicas para suporte à gestão ambiental e territorial municipal; elaboração de ferramentas para subsidiar a gestão territorial e ambiental em terras indígenas; e, promoção da inclusão socioeconômica e ambiental de comunidades rurais, localizadas em zonas de difícil acesso no estado do Acre. Para a realização das atividades de diversos projetos a Divisão conta com 21 colaboradores.

Núcleo de Zoneamento Ecológico-Econômico

Núcleo de Etnozoneamento

Núcleo de Desenvolvimento Rural Comunitário