Ir direto para menu de acessibilidade.

Divisão de Educação Ambiental e Práticas Sustentáveis

por Sema | publicado 16 de setembro de 2019 | última modificação 17 de setembro de 2019

A Divisão de Educação Ambiental e Práticas Sustentáveis, tem como principal função articular as instituições públicas e privadas, bem como a sociedade civil para a elaboração, promoção e difusão de politicas públicas de educação ambiental contribuindo para a adoção de boas  praticas ambientais tanto na produção quanto no cotidiano coletivo e individual. Tendo por base o  Zoneamento Ecológico – Econômico – ZEE.

Como principal instrumento de articulação institucional conta com a Comissão Estadual de Educação Ambiental – COMEEA, que reuni instituições governamentais, não governamentais e empresariais. Atualmente a COMEEA esta trabalhando na revisão do plano estadual de educação ambiental que tem por objetivo orientar as ações do governo e da sociedade na implantação de projetos e ações de educação ambiental, definido princípios, diretrizes e  programas estruturantes.

As metas  definidas para a gestão 2011 – 2012  visão a formação de educadores ambientais, a elaboração de planos e programas municipais de educação ambiental, a promoção da transversalidade da educação ambiental nas ações de governo, a  e  difusão de  conceitos, praticas, legislação e politicas públicas referentes a conservação, preservação e recuperação ambiental e, promover a arborização urbana. Tendo como foco a sensibilização de pessoas.

Na formação de educadores ambientais trabalhamos com a metodologia da mochila do educador ambiental, instrumento didático, desenvolvido pela SEMA, que nos permite trabalhar com os mais diversos públicos as informações, os conceitos e as praticas ambientais adequadas a conservação, preservação e recuperação ambiental.

Para a difusão ambiental contamos com Os Jogo dos Ambientais do Acre,  que de forma lúdica e interativa, difunde as informações do Zoneamento Ecológico-Econômico (ZEE), para crianças e adolescentes. Os eventos do calendário ecológico e  as campanhas de sensibilização para as boas praticas ambientais.

Com relação a transversalidade da EA nas ações de governo, temos dado prioridade a articulação para implantação de boas praticas ambientais na administração pública , e na articulação de parcerias para  a realização de atividades de educação ambiental.

O projeto de arborização urbana visa envolver a população do Acre em atividades de plantio de espécies nativas com objetivo de  melhorar a qualidade paisagística e ambiental das cidades e recuperar aspectos da paisagem natural , de forma a atenuar os impactos decorrentes da urbanização; bem como inserir o componente de arborização nos projetos de urbanização implantados pelo governo estadual.

Veja mais sobre a Educação Ambiental: